Terapia Infanto-juvenil

Difere-se da psicologia de adultos, principalmente por trabalhar a fantasia e o corporal, que são imagens de expressão da criança nesta fase, onde o racional e a consciência ainda não estão formados.

Através do jogo dramático e lúdico são abordadas as questões:

  • Familiares
  • Sociais
  • Estigmatizadas (diferenciação física)
  • Distúrbios de aprendizagem
  • Distúrbios de déficit de atenção
  • Outras dificuldades

A psicoterapeuta Florência Rozenthal utiliza metodologias como: ludo e teatro terapia, psicodrama, constelações familiares e abordagem corporal.

Participa e auxilia os trabalhos em workshops de Constelações Familiares, além de ser instrutora nos grupos de jovens em conjunto com Graciela Rozenthal.

Veja as próximas datas em nossa agenda